Descubra curiosidades sobre o azulejo português!

10 de agosto de 2018

Há quem diga que Portugal é o país “mais azul do mundo”. Na viagem que fiz para lá, pude ver de perto o que essas pessoas querem dizer: essa cor está em todos os cantos! Principalmente por conta de um material que une arte, tradição e funcionalidade: o azulejo português.

Cada vez mais na moda, esse tipo de peça cerâmica se caracteriza pela aplicação harmoniosa de tons azulados (e, muitas vezes, amareladas) no branco para compor desenhos.

Aliás, a variedade de formas exploradas nessas pequenas “telas” é imensa: os conjuntos podem variar de pequenos padrões sequenciais, como os que encontrei nessas lindas pinturas que trouxe de Portugal, até gigantescos painéis – por exemplo, o da Estação São Bento, em Porto.

Além da beleza, o azulejo português é ótimo para proteger as paredes do frio e umidade. Tanto que antes eram reservados apenas para áreas molhadas, como cozinhas, banheiros e outros ambientes com instalações hidráulicas.

Porém, um breve passeio pelas ruas de Lisboa revela o desperdício que seria mantê-los sob quatro paredes! Não por acaso, o jornal americano New York Times reconheceu o azulejo português como um dos doze tesouros europeus, comparando-o aos chocolates belgas, à seda italiana e aos chapéus ingleses!

Entretanto, a capital da “terrinha” é só uma amostra perto do que você pode encontrar em Ovar! Considerada um museu a céu aberto, a cidade portuguesa conta com cerca de 800 fachadas azulejadas, bem como a lindíssima Igreja de Válega.

Quem quiser conhecer melhor o lugar, recomendo o passeio Rua do Azulejo: além de apresentar os mosaicos mais bonitos do município, o roteiro convida você a desenhar seu próprio azulejo. Certamente, é uma experiência única!

Há um detalhe interessante nessa história: os historiadores acreditam que a relação de Ovar com o azulejo começou com à volta dos portugueses que exploraram o Brasil entre os séculos XIX e XX – que ostentavam a peça como um sinal de riqueza!

Igreja de Válega Foto: Site Autáquico da CM de Ovar

Gostou dessas curiosidades? Se quiser saber mais sobre azulejos, pisos e revestimentos, sugiro que ouça o podcast que gravei sobre o assunto! Acompanhe também as páginas do blog no Facebook e no Instagram, onde conto mais detalhes da minha viagem para Portugal!

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

instagram logo
@milideiaspormetroquadrado
logo instagram