Apartamentos Pequenos: 5 lições preciosas!

18 de setembro de 2019

Apartamentos Pequenos: 5 lições preciosas!

Oi, tudo bem? Hoje, nosso blogpost é para falar de apartamentos pequenos, uma tendência cada vez mais presente nas grandes cidades. Nos últimos anos, os lançamentos de imóveis tiveram áreas reduzidas, desafiando a arquitetura no objetivo de ajudar os proprietários a viverem melhor. Esse perfil de apê, compacto e prático, requer soluções de organização e aproveitamento de espaço para facilitar a vida dos moradores, agregando qualidade de vida e bem-estar.

Nossa observação é confirmada por uma pesquisa recente lançada pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP): seis em cada 10 novos apartamentos vendidos apresentam menos de 45m². Esse dado torna-se ainda mais expressivo quando observado que, nos últimos quatro anos, essa taxa de crescimento mais que dobrou a proporção das vendas de imóveis menores: se em 2014 representava 28% do total, até 2018 a taxa subiu alcançou o patamar de 60%.

Quando recebemos uma demanda neste perfil, buscamos aproveitar cada centímetro da melhor maneira possível. Vamos aqui compartilhar lições importantes para mostrar que é possível morar em imóveis enxutos, mas sem abrir mão da personalidade, tampouco sofrer com ambientes apertados e desconfortáveis. Confira:

Integração

Uma ótima solução para ganhar medidas extras no projeto é remover paredes e unir ambientes. Ao invés de ter cômodos isolados, o morador terá amplitude em seu lar, como cozinha conectada ao estar, que permite um ar mais receptivo e aconchegante para moradores e visitantes. Um outro ponto que vale apostar são as transparências, pois mantêm a percepção do todo.

Marcenaria sob medida

Quando se trata de imóveis compactos, o que fica cada vez mais claro é que planejar os espaços nunca foi tão importante. Cada centímetro ganha status de área útil! A marcenaria é uma aliada fundamental para não desperdiçar nenhum milímetro, sem contar a sua colaboração direta na organização da casa. Remover o máximo de paredes e substituí-las por armários é uma das ações que trabalhamos em projetos com essas características.

Todo o mobiliário deve ter uma função específica e, por isso, devemos pensar em encaixes perfeitos e usos pré-definidos desde a etapa de desenho do projeto. Painéis deslizantes, móveis multiuso e peças embutidas fazem da marcenaria uma grande aliada.

Otimização vertical

Aproveitar as paredes até o teto é uma forma interessante de conquistar ainda mais área. Estantes e armários posicionados estrategicamente são ótimos para abrigar cobertores, livros e outros objetos que não são usados com frequência. Outra coisa que sempre recomendamos é optar por teto e paredes pintados na mesma cor, pois transmite a sensação de suprimir limites e contribui com a ideia de unidade. Piso único, teto nivelado e iluminação linear também conduzem para a sensação de continuidade!

 

Apartamentos Pequenos

Projeto Danyela Corrêa

 

Espelhos

Um truque recorrente que muita gente conhece, e funciona muito bem, é o uso de espelhos. Aplicá-los em lugares específicos, como dentro dos móveis ou sobre as prateleiras, auxiliam para que os ambientes pareçam maiores e mais iluminados.

Apartamentos pequenos

 

Móveis multifuncionais

Os chamados ‘móveis dois em um’ valorizam o imóvel e podem ser usados de formas múltiplas: um sofá que vira cama, mesa que pode para ser estendida, entre outras opções. Sobretudo, nunca devemos esquecer que móveis e acessórios devem ser proporcionais ao tamanho do ambiente.

Renato Andrade e Erika Mello

@andrademelloarquitetura

 

Leia também:

Chevron na decoração: 4 ideias para usá-lo 

Tendência e praticidade em revestimentos

5 bons motivos para apostar em ambientes compactos

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

instagram logo
@milideiaspormetroquadrado
logo instagram