Matérias Primas do reaproveitamento : na Moda e na Arquitetura

14 de agosto de 2019
Matérias Primas do reaproveitamento: na Moda e na Arquitetura

Em tempos onde as palavras Sustentabilidade e Upcycling estão tão em voga, está aumentando cada dia mais a procura por matérias primas vindas do reaproveitamento.

Hoje, qualquer descarte exige um segundo olhar, voltado para o reaproveitamento e para a consciência dos dos impactos no ambiente, tanto na Moda como na Arquitetura.

De acordo com as agências de pesquisa os materiais tendência para o design de 2020 em diante, seguem esta linha, onde as matérias primas vem do mundo animal, vegetal ou até do descarte de materiais já usados em diversos setores.

Estes subprodutos abrem portas para um mundo mais verde, com um novo olhar para o design.

Veja alguns exemplos:

Couro

Empresas já estão criando couro, a partir de um composto de celulose bacteriana obtido dos resíduos agrícolas da indústria do coco. Usados em roupas, acessórios, calçados, embalagens e decoração, os couros vegetais trazem várias opções de materiais que oferecem diferentes cores e texturas naturais, prontos para serem explorados de maneira criativa e sustentável.

 

A gigante da Fast Fashion, H&M lançou uma coleção com tecidos feita de resto de frutas e algas, em busca do menor impacto ambiental.

A empresa brasileira Nova Kaeru trabalha com couro feito de folhas de bananeira (beLEAF), couro de pirarucu e salmão.

 

Arquitetura/ Construção Civil

E no caso da construção civil, que gera milhões de toneladas de entulho por ano, o reaproveitamento já é uma necessidade.

 

Os benefícios que o reaproveitamento desses materiais podem trazer são muito grandes.

O objetivo é reciclar, de forma que esses materiais possam ser utilizados em novas obras, acarretando benefícios para a comunidade e o meio ambiente.

Além de reduzir o uso de matéria prima para a fabricação de novos materiais de construção, os materiais reaproveitados podem ser utilizados em obras públicas e privadas, construção e manutenção de estradas, sem falar na redução da quantidade de lixo nos aterros e a diminuição do volume de detritos e resíduos nas construções civis.

Então, este é um pedacinho do futuro do nosso design.

Além de colaborar com o meio ambiente, deixa o mundo criativo mais consciente e bonito.

ANDREA LENZ

@casacommoda

Leia também:

O Estilo Hi- Lo na moda e na decoração

Mulheres se unem para reduzir desperdício em obras e reformas

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

instagram logo
@milideiaspormetroquadrado
logo instagram